06
nov 18

Apple é a empresa mais valiosa do mundo

Apple é a empresa mais valiosa do mundo

Duas décadas após quase falir, a Apple tornou-se, em 2018, a primeira empresa norte-americana de capital aberto a valer mais de US$ 1 trilhão – isso aconteceu em agosto, quando suas ações subiram 3% e fecharam o dia em US$ 207,39. No ano anterior, a empresa atingiu o marco de 280 milhões de iPhones, iPads e Macs vendidos em todo o mundo.

Mas como uma empresa que em 1997 estava sendo dizimada pela Microsoft, e que valia US$ 3 bilhões, se tornou a organização pública mais valiosa do mundo, somente vinte e um anos depois?

Por meio da rápida inovação.

Desde 1997, a Apple lançou uma série de produtos de sucesso, criando uma cadeia sofisticada e global de suprimentos. A ideia, impulsionada pelo retorno de Steve Jobs à empresa, foi de voltar ao básico e de reinventar o ‘diálogo’ entre os produtos da marca.

Em 1998 foi lançado o iMac G3, computador de mesa redondo e colorido que se tornou um sucesso. Em 2001, o iPod, que transformou a relação dos consumidores com a música e vendeu 400 milhões de unidades na sua estreia. E em 2007, a Apple lançou o iPhone que, além de modificar a interação entre sociedade e tecnologia, se tornou o produto mais vendido de todos os tempos: mais de 1,4 bilhões de unidades foram comercializadas até a metade de 2018.

E agora?

Agora, a pressão sobre a empresa mais valiosa do mundo só cresce. Afinal, onze anos após o iPhone, nenhum outro produto da marca conseguiu impactar da mesma forma a valia da organização que passou de US$ 73.4 bilhões em 2007 para US$ 1 trilhão em 2018.

O que será que podemos esperar da Apple para os próximos anos?

Fontes: New York Times; Apple

Para comparar o valor da Apple em relação à outras grandes empresas, vale acessar este infográfico interativo do New York Times.

Micaela L. Rossetti
Micaela L. Rossetti

Coordenadora de Marketing da SoftDesign, é formada em Jornalismo (UCS) e mestre em Comunicação Social (PUCRS). Especialista em comunicação e marketing digital, é aluna do MBA em Gestão de Projetos da PUCRS.

Deixe uma resposta