02
out 18

SoftDrops: Brazil JS Conf 2018

SoftDrops: Brazil JS Conf 2018

No dia 25 de setembro, o desenvolvedor Rodrigo Gattermann falou aos colegas sobre a 8ª edição do Brazil JS Conf, evento de JavaScript que aconteceu em Porto Alegre nos dias 24 e 25 de agosto. Rodrigo e outros dois desenvolvedores da SoftDesign (Juliano Terres e Ronaldo Hoch) foram presenteados pela Empresa com os ingressos para a conferência, e puderam acompanhar ao vivo as palestras e debates sobre essa importante linguagem.

Construindo front-ends funcionais com o ClojureScript, por Isa Silveira

Inicialmente, o desenvolvedor salientou a amplitude do evento, que contou com 1.800 participantes e 24 palestrantes, nacionais e internacionais. Dentre esses, a engenheira de software da Work&Co Isa Silveira ganhou a atenção de Rodrigo pois explicou o uso de ClojureScript no front-end com o intuito de melhorar a performance. “Ela expôs que a programação funcional aplicada ao front-end apresenta soluções importantes para antigos problemas, como operações assíncronas e monitoramento de estado. O uso de composição de funções propõe um panorama mais organizado, já que cada função é dona de uma única responsabilidade, e o código fica mais previsível tornando-se, consequentemente, mais facilmente visualizável e editável”, comentou o desenvolvedor.

A jornada da pergunta certa, por Fagner Martins

Outra palestra interessante para Rodrigo foi a do Fagner Martins, criador do JS Cookie, que hoje é engenheiro de software na MYOB Australia: “Ele contou toda sua trajetória de vida, explicou como foi o desafio de ler as RFCs do JavaScript (documentos técnicos que especificam os padrões que serão implementados e utilizados em toda a Internet) e comentou sobre as dificuldades de trabalhar com código Open Source”. De acordo com o desenvolvedor, Martins destacou que o tratamento de cookies no JavaScript é feito de forma nativa e interpretado de variadas formas pelos diversos browsers.

Maturidade e flexibilidade

Ainda, ao final do SoftDrops, Rodrigo explicou que como sua linguagem de trabalho no momento é o PHP e ele tem pouco contato com o JavaScript, foi muito interessante participar do Brazil JS para se atualizar. Além disso, “como eu já participei de outros eventos, lembro que antigamente o JavaScript era visto como a solução para todos os problemas. Então, o que mais me chamou a atenção, considerando o evento deste ano e seus participantes, foi que houve um amadurecimento importante no entendimento de que, além dessa linguagem, existem outras também qualificadas e essenciais para o desenvolvimento do mercado”, completou Rodrigo.

SoftDrops: Brazil JS (3) SoftDrops: Brazil JS (2)

Micaela L. Rossetti
Micaela L. Rossetti

Coordenadora de Marketing da SoftDesign, é formada em Jornalismo (UCS) e mestre em Comunicação Social (PUCRS). Especialista em comunicação e marketing digital, é aluna do MBA em Gestão de Projetos da PUCRS.

Deixe uma resposta