03
abr 08

Expansão da SoftDesign é notícia no Baguete

A expansão da empresa foi noticiada ontem na capa do Baguete. Confira abaixo a reprodução da matéria, ou vá direto para a página do Baguete:

http://www.baguete.com.br/noticiasDetalhes.php?id=23747

 

 

SoftDesign: negócios em expansão!

 

A porto-alegrense SoftDesign, especializada em fábrica de software, outsourcing e componentes para o desenvolvimento de soluções, quer expansão em 2008. A companhia, que pretende crescer 25%, se prepara para fortalecer a atuação no Sudeste, onde já atende a clientes como Portugal Telecom e Fundação Carlos Chagas. O exterior também está nos planos, com vistas para Espanha, Portugal, Alemanha e EUA.

 

No estrangeiro, a atuação se dará por meio do consórcio Unacorp, do qual a empresa faz parte, ao lado de Advanced IT, DBServer, Datum, Kenta e Qualità. O grupo, que tem apoio da Softsul, é focado em potencializar as exportações de serviços de fábrica de software, outsourcing e produtos das participantes. Juntas, as companhias alcançam um porte significativo para isso: cerca de 500 funcionários e faturamento anual em torno de US$ 16 milhões.

 

Já no Sudeste, a SoftDesign se lança sozinha, mas isso são planos a serem anunciados em breve. Hoje com 45 colaboradores, a empresa de Porto Alegre se prepara para expandir a equipe. Ainda no primeiro semestre, o time deve subir para pelo menos 70 funcionários.

 

Para garantir a consolidação do time, a companhia investe em plano de carreira, projeto de T&D (treinamento e desenvolvimento, com cursos de Oracle, Java, SQL e outras tecnologias) e palestras, como no Wake Up, evento bimensal que conta com café da manhã e apresentação de tecnologias do momento por profissionais de fora para a equipe interna.

 

Certificações

Outro investimento da SoftDesign em seus colaboradores é o patrocínio de certificações. ?Quando algum profissional se interessa por certificar-se em Microsoft, Java, entre outras, damos apoio financeiro e também permitimos que use horas de trabalho para se preparar, por exemplo, realizando simulados?, conta Pedrozo.

 

MPS.br

Este é outro plano da companhia para 2008. Até o fim do ano, a meta é já estar no nível G da certificação.

 

Baixa rotatividade

O investimento da SoftDesign na equipe de colaboradores parece estar surtindo efeito positivo. Em dez anos de empresa, a maioria dos funcionários tem uma média de três a cinco anos de casa, coisa difícil em um mercado que disputa a tapa os bons profissionais.

 

?Nosso segredo é apostar no time. Sabemos da carência de mão-de-obra especializada no mercado, o que nos leva, muitas vezes, a contratar e qualificar pessoas aqui dentro, por meio das palestras, treinamentos, certificações. Temos crença na prata da casa?, conclui Pedrozo.

 

SoftDesign
SoftDesign

Deixe uma resposta