01
nov 18

SoftDictionary: Tipos de Testes

SoftDictionary: Tipos de Testes

Você sabe o que são testes de aceite, exploratórios, funcionais, testes de performance, de regressão e de API? Abaixo nós esclarecemos esses termos relacionados aos tipos de teste de software em um contexto ágil.

Para garantir a qualidade de um produto/serviço digital é imprescindível testar. O teste minimiza quaisquer imprevistos e assegura a excelência do software, para que ele tenha o melhor desempenho e funcione, sempre, corretamente. Mas qual será o tipo de teste ideal para cada necessidade específica?

Teste Funcional

O mais comum dos testes busca validar a conformidade dos requisitos funcionais de um sistema. O teste funcional pode ser manual, automatizado ou uma mistura dos dois, que é o modo mais utilizado.

Teste Exploratório

O teste exploratório é extremamente indicado antes de iniciar uma automação, ou para conhecer o sistema que será testado no caso de legado. Ele é a abordagem complementar a um teste planejado, executado baseado em conhecimentos adquiridos em testes anteriores ou complementares a testes de regressão.

Teste de Performance

Testes de performance visam mitigar os riscos relacionados aos requisitos de desempenho, como tempo de resposta, por exemplo. Ele pode ser divido em pelo menos três tipos de testes: de Desempenho, que valida se a aplicação suporta um número x de requisições; de Carga, que verifica o comportamento do sistema com um valor crescente de requisições; e de Stress, que determina a capacidade limite e a estabilidade do sistema.

Teste de API

Testes de APIs são uma forte tendência dentro do universo de automação de testes nos últimos anos. Eles podem ser testes funcionais, focados em determinar se as APIs desenvolvidas vão de encontro aos requisitos; e também não-funcionais, para validar confiabilidade, performance e segurança da aplicação.

Teste de Regressão

Testes de regressão garantem que novos incrementos, integrações, correções de bugs ou mudanças recentes no sistema não afetem o comportamento de funcionalidades já testadas. Geralmente, são realizados de forma automatizada, dado a necessidade de rápidos feedbacks.

Teste de Aceite

O teste de aceitação é a última ação de teste antes da implantação de um incremento de software ou sistema. O objetivo do teste de aceitação é validar se o software está pronto e se pode ser utilizado pelos usuários finais, ou seja, seu foco não é encontrar defeitos. Ele pode ser automatizado ou manual, de acordo com a definição dos critérios de aceite.

Ainda com dúvidas? Entre em contato conosco. E se quiser saber mais sobre Testes de Software, baixe o nosso material!

Acessar conteúdo
Raphael Rodrigues
Raphael Rodrigues

Raphael Rodrigues é Analista de Testes da SoftDesign e faz parte da equipe há mais de 3 anos. Bacharel em Sistemas da Informação e seguidor de metodologias ágeis, possui experiência em automação de testes funcionais Web e Mobile.

Deixe uma resposta