16
out 18

Um SoftDrops sobre Produção de Conteúdo

Um SoftDrops sobre Produção de Conteúdo

30,7% dos brasileiros afirmam gostar de ler conteúdo escrito. 43,3% dizem ler mais em meios digitais do que físicos e, desses, 23,3% declaram compartilhar tais conteúdos em suas redes sociais. Esses são dados da Pesquisa Hábitos de Conteúdo 2017, realizada pela Opinion Box em parceria com a Contentolls.

Entretanto, 73% das empresas de software brasileiras trabalham com Marketing de Conteúdo (dados da Content Trends 2017) e diversos profissionais da área da tecnologia mantém blogs e sites pessoais. Ou seja: a população brasileira se interessa por conteúdo escrito, mas há uma grande quantidade dele disponível na web. Como, então, tornar um texto atrativo e assertivo, para que ele obtenha destaque no ambiente virtual?

Intenção e audiência

Esse foi o tema do SoftDrops que fiz no dia 10 de outubro, intitulado Como começar a escrever? Produção de Conteúdo para Web. A ideia foi incentivar os colaboradores da SoftDesign a escrevem mais, inclusive para o blog da Empresa, com o intuito de compartilharem seus conhecimentos e contribuírem para o crescimento da área da tecnologia.

De forma resumida, antes de escrever um texto é preciso pensar na sua intenção e audiência. Intenção é o que se quer dizer com o texto e por quê. Audiência é para quem se está escrevendo este texto, quem é o seu público-alvo, e por quê. Entre os gêneros de intenção estão o informativo, o persuasivo, o motivacional, o inspirador, entre outros. Já entre os tipos de públicos estão estudantes, empresários, especialistas em tecnologia, etc. Tanto as intenções quanto as audiências podem se sobrepor e se cruzar e, depois dessa análise inicial, torna-se mais claro o conteúdo do texto, qual deve ser seu tom e seu ritmo.

Conteúdo, ritmo e tom

O conteúdo de um texto é a narrativa dividida em parágrafos que compreendem, cada um, uma ideia em sua totalidade – recomenda-se que um texto para web tenha no mínimo três parágrafos: introdutório, de desenvolvimento e conclusivo. O ritmo, por sua vez, possui maior relação com as frases do texto e com seus encadeamentos, que são feitos por meio de conjunções. E o tom diz respeito à escolha das palavras, que podem tornar o texto pessoal, impessoal, formal ou informal.

Por fim, o bom texto é aquele de fácil compreensão, o que significa que seu conteúdo está alinhado com sua intenção; e que é também bonito, pois seu ritmo e seu tom estão adequados à sua audiência. Vale salientar que manter práticas de leitura e escrita influenciam positivamente na produção de textos com tais características, pois aumentam o nosso vocabulário e ampliam a nossa capacidade de raciocínio.

SoftDrops_Micaela (3) SoftDrops_Micaela (2)

Micaela L. Rossetti
Micaela L. Rossetti

Coordenadora de Marketing da SoftDesign, é formada em Jornalismo (UCS) e mestre em Comunicação Social (PUCRS). Especialista em comunicação e marketing digital, é aluna do MBA em Gestão de Projetos da PUCRS.

Deixe uma resposta